Grupo de Ação Comunitária apoia Mutirão do Diabético de Itabuna

O Mutirão do Diabético de Itabuna foi o tema do encontro semanal do Grupo de Ação Comunitária (GAC). O coordenador do Mutirão, Dr. Rafael Andrade, participou do encontro e fez uma apresentação do projeto, que é considerado o maior evento de prevenção e tratamento da doença no país.

14875369 1794273240849256 1002022184 n 1

O Dr. Rafael destacou as atividades do Mutirão do Diabético, qua atualmente mobiliza cerca de 1000 voluntários e atende mais de 15 mil pessoas e destacou a importância de envolvimento de todos os segmentos da comunidade no processo. “A cada ano ampliamos as parcerias e incluímos novos serviços à população, melhorando a qualidade de vida do diabético”, disse o médico.

14885826 1794273067515940 1927532417 n

O coordenador do GAC, Jean Barauna, afirmou que a entidade apoia o mutirão “uma iniciativa que traz grandes benefícios para a comunidade”. “O GAC tem um compromisso de estabelecer parcerias que contribuam com Itabuna e o Mutirão do Diabético e um exemplo de mobilização e compromisso em torno de uma causa justa”, ressaltou.

O Grupo de Ação Comunitária vai apoiar a Campanha Novembro Azul, que transforma Itabuna na Capital Brasileira da Prevenção do Diabetes e que culminará com a realização do Mutirão do Diabético, no dia 26 de novembro.

Agentes Comunitários de Saúde participam do Mutirão do Diabético de Itabuna

Os agentes comunitários de saúde de Itabuna terão uma participação expressiva no Mutirão do Diabético, com atuação durante todo o ano na prevenção da doença. Nesta segunda-feira, cerca de 400 agentes participaram e um encontro com o coordenador do Mutirão, Dr. Rafael Andrade, em que foram definidas as estratégias de trabalho. “Por atuarem diretamente na comunidade, visitando todas as moradias de forma permanente, eles exercem um papel fundamental, não apenas no acompanhando dos casos de diabetes, como também na orientação das pessoas, já que um dos grandes pilares da campanha é a prevenção”, afirma o Dr. Rafael.

foto1


Para ele, o engajamento dos agentes comunitários, incentivados pela Secretaria Municipal, amplia as ações do Mutirão do Diabéticos, que a cada ano ganha uma nova dimensão. A coordenadora dos ACS, enfermeira Margarida Novaes destacou a importância do Mutirão e disse que “todos devem se mobilizar para garantir uma vida saudável para os diabéticos”.

foto2

 

APOIO DA UFSB

Durante o encontro na FTC, também foi definido o apoio da Universidade Federal do Sul da Bahia ao Mutirão do Diabético. O professor Antonio José Cardoso confirmou que professores e estudantes da UFSB estarão presentes na Campanha Novembro Azul e no Mutirão, monitorando a fazendo o acompanhamento dos casos mais graves, para tratamento posterior.
“Trata-se de uma experiência fantástica para nós. O Mutirão é fruto da dedicação do Dr. Rafael e um grupo de voluntários, com um resultados expressivos. Fazer parte também do trabalho pós Mutirão permite que nossas equipes interdisciplinares na área de saúde possa dar sua contribuição importante nessa ação conjunta cos os agentes comunitários de saúde”, afirma o professor Antonio José.

foto3

Profissionais de saúde de Itabuna participam de capacitação para o Mutirão do Diabético

Cerca de 40 profissionais de enfermagem das unidades da rede municipal de saúde participaram de um treinamento de capacitação e sensibilização para Mutirão do Diabético de Itabuna.

foto


O encontro, coordenado pelo Dr. Rafael Andrade, idealizador do mutirão, aconteceu no Beira Rio Convention Center e definiu a mobilização para as ações do Novembro Azul, que também incluem atividades como a Pedalada Azul, a campanha Itabuna Azul e a montagem de um estande no Shopping Jequitibá, com a distribuição de material com orientações sobre prevenção do diabetes.

DSCN3432


O Dr. Rafael Andrade considera fundamental a participação dos profissionais de saúde do município, “já que a prevenção do diabetes é um processo permanente, que deve ser feita durante todo o ano”. “O papel das unidades básicas de saúde no dia a dia dos diabéticos é muito importante, bem como o apoio da Secretaria Municipal de Saúde, através do secretário Paulo Bicalho, ao mutirão” destaca o Dr. Rafael.


O Mutirão do Diabético de Itabuna acontece no dia 26 de novembro, com procedimentos médicos no Hospital de Olhos Beira Rio, e atividades de saúde, lazer e orientação na Praça Rio Cachoeira.

Mutirão do Diabético de Itabuna é destaque no Fórum Empresarial do Sul da Bahia

Mutirão do Diabético de Itabuna foi apresentado durante o 5º Fórum Empresarial do Sul da Bahia, realizado no Hotel Transamérica em Comandatuba. O mutirão, promovido pelo Hospital de Olhos Beira Rio e Asdita, que faz parte do calendário da Federação Internacional do Diabetes, é considerado o maior evento de tratamento e prevenção na doença no Brasil, e foi destacado na programação do Fórum Empresarial como exemplo de responsabilidade social e de mobilização da comunidade.

Dr Rafael e Dr. Vavel

O diretor geral do HOBR, Dr. Vável Andrade, o diretor Dr. Wandick Rosa e os médicos Larissa Andrade e Caroline França participaram do evento, juntamente com o Dr. Rafael Andrade, coordenador do Mutirão, que fez uma apresentação em que lembrou o início do projeto em 2004, com atendimento ao olhos dos diabéticos, sua expansão ao logo dos anos, até se consolidar como um evento multidisciplinar, que em 2015 chegou a 15 mil atendimentos e cerca de 800 voluntários, passando a cuidar também dos pés e dos rins do diabético. A partir de 2013, além dos serviços de detecção e tratamento do diabetes, o Mutirão ganhou a Cidade do Diabetes, na Praça Rio Cachoeira, com ações de prevenção, testes de glicemia, orientações sobre alimentação saudável e atividades esportivas.

“O Mutirão do Diabético é um sonho que centenas de pessoas resolveram sonhar juntos para torna-lo realidade. Seu efeito multiplicador está melhorando a qualidade de vida de milhares de pessoas”, afirma o Dr. Rafael Andrade. Segundo ele, “esse é um trabalho permanente, que não se limita apenas ao dia do Mutirão, mas que deve ser feito os dias do ano. Vamos continuar semeando prevenção e tratamento digno para os diabéticos e colher os frutos de uma vida saudável”.