MUTIRÃO DO DIABETES DE ITABUNA

A Campanha anual de Combate ao Diabetes de Itabuna conhecida como Mutirão do Diabético começou no ano 2004, através de uma experiência vivenciada por um médico de Itabuna no Departamento de Oftalmologia da UNIFESP, no Mutirão do Olho Diabético.

Iniciado como Mutirão do Olho Diabético houve a evolução para um Mutirão Multidisciplinar e com apoio e participação importante de toda a comunidade. Em 2015 realizaremos a 11a edição do Mutirão do Diabético de Itabuna, que acontecerá dia 21 de Novembro de 2015, com a realização de um grande movimento de solidariedade com a participação em massa de toda a sociedade civil organizada e demais segmentos sociais e populacionais, sendo considerada nos últimos anos como a maior Campanha de Combate ao Diabetes do Brasil.


O projeto é destinado a pessoas com diagnóstico de Diabetes visando atingir principalmente áreas carentes, com o objetivo de prevenir as complicações causadas pelo diabetes (cegueira, amputação, insuficiência renal, entre outras). Através de grande campanha de mobilização social e informação com múltiplos serviços multidisciplinares, realização de procedimentos médicos especializados, como avaliação do fundo do olho, do pé diabético, avaliação renal e da pressão arterial, e nos casos graves tratamento da retina com laser.


O Projeto visa proporcionar ORIENTAÇÃO, CONSCIENTIZAÇÃO, MOBILIZAÇÃO E ATENDIMENTO MÉDICO ESPECIALIZADO GRATUITO para as principais complicações associadas ao Diabetes com intuito de diminuir sua morbimortalidade e melhora a qualidade de vida dos pacientes diabéticos.


Nos 10 primeiros anos de campanha mais de 15 mil pacientes diabéticos já foram submetidos a exames de mapeamento de retina para detecção da retinopatia diabética e submetidos a exame de triagem para detecção de complicações no pé do diabético. Mais 1500 pacientes foram submetidos a tratamento gratuito de fotocoagulação a laser da retina e exame de triagem para detecção da nefropatia diabética.

Estamos programando atender este ano cerca de 2.000 a 2.500 pacientes em exames de mapeamento de retina sob dilatação pupilar e exame de triagem do pé diabético, e o tratamento com fotocoagulação associado ao exame do rim para detecção da nefropatia diabética para os pacientes com retinopatia diabética grave e /ou maculopatia diabética, com uma previsão de realizá-los em cerca 250 a 300 pacientes.


Realiza-se uma grande FEIRA MULTIDISCIPLINAR DE EDUCAÇÃO EM SAÚDE voltada exclusivamente para o Diabetes par amais de 10 mil pessoas, com mais de 20 stands, que possuem o caráter educativo e de assistência ao cuidado com o diabetes, além de stands específicos para detecção de possíveis novos casos, que servem como alertas a serem enviados para rede básica do município para acompanhamento.
Em cada evento contamos com a ajuda de aproximadamente 900 voluntários, entre médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, nutricionistas, psicólogos, educadores físicos, farmacêuticos, jornalistas, odontologistas, advogados, fisioterapeutas, entre outros, com mais de 500 estudantes destas áreas principalmente medicina e enfermagem. Mais 50 médicos entre oftalmologistas, angiologistas, nefrologistas, endocrinologistas, cardiologistas, clínicos, entre



outros, participam anualmente, sendo que os especialistas em retina, que possuem vasta experiência em Mutirões de detecção da retinopatia diabética, vêm de várias partes do País.
A NOVARTIS é uma parceira há 4 anos como apoiador exclusivo na área da Oftalmologia que nos ajuda trazendo cerca de 10 a 11 medicos oftalmologistas, na maioria especialistas de retina de todo Brasil para nos ajudarem a atender e tratar em torno de 2000 a 2500 pacientes, além de noa ajudar a disseminar este modelo de atendimento multidisciplinar para várias partes do País.


Todos os dados obtidos na realização do evento tanto na parte científica assistencial quanto na parte de detecção precoce e educação em saúde ficam à disposição para a Rede Básica de Saúde do Município para adoção de medidas relacionadas às Linhas de Cuidado em diabetes.


Realizamos um Ato Público do Dia Mundial do Diabetes (dia 21/11 às 9h) com a participação de autoridades do poder público, parceiros privados, do terceiro setor, da sociedade organizada e sociedades médicas. Confirmadas este ano a presença do Prof. Dr. Rubens Belfort Jr. (Presidente da Academia Brasileira de Oftalmologia) e Dr. Fadlo Fraige Filho (Presidente da FENAD), do Secretário de Saúde do Estado da Bahia (Dr. Fábio Vilas Boas), da Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa do Estado da Bahia, entre outras.


O apoio ao evento é amplo e de suma importância com o envolvimento de múltiplas áreas da sociedade civil organizada, com LIONS, ROTARY, Maçonarias, Ordem Demolay, parceiros privados como a NOVARTIS, Caixa Econômica Federal, Bahiagás, Banco Santander, Óticas Carol, UNIMED Itabuna, entre outras. O apoio da Prefeitura Municipal e da Secretaria Estadual e Municipal de Saúde, das sociedades médicas e entidades como o CBO (Conselho Brasileiro de Oftalmologia), SBD (Sociedade Brasileire de Diabetes), SBACV-BA (Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular, regional Bahia) e da FENAD (Federação Nacional das Entidades e Associações em Diabetes).


Será realizado pelo quinto ano consecutivo o programa de televisão ao vivo pela TV RECORD Cabrália, com transmissão para boa parte da Bahia, o “Balanço Geral no Mutirão do Diabético” programa de grande audiência todo voltado para o combate ao Diabetes, com várias matérias e entrevistas com especialistas e representantes importantes nesta luta contra o diabetes e com a participação de artistas locais e até nacionais.


Dentre as variadas ações associadas da comunidade em Novembro, realizamos a CAMPANHA DA LUZ AZUL da IDF (International Diabetes Federation) e apadrinhada pela ONU, em que somos considerados a cidade mais iluminada com a “Luz Azul” do Brasil, com vários marcos da cidade iluminados, assim como pontes, avenidas, igrejas, praças, hospitais, torres, prédios.


No dia 14 de Novembro (1 semana antes do Mutirão e Dia Mundial do Diabetes) realizaremos a "3a PEDALADA AZUL", uma grande volta ciclística que ocorrerá ao mesmo tempo uma na cidade de Itabuna, e outra na cidade de Ilhéus, com a previsão de aproximadamente 1.000 ciclistas em cada uma das pedaladas, com todos os ciclistas vestidos com camisa azul.


A importância do evento na prevenção, cuidados e assistência aos portadores de diabetes, familiares e população geral são formas de combate ao agravo e baixa qualidade de vida da população, além do alto custo com o cuidado pela rede pública dos pacientes que desenvolvem complicações em decorrência do diabetes. Nosso projeto acabou de ser convidado pela a IDF (International Diabetes Federation) para ser apresentando como um modelo de Campanha de atendimento e mobilização em Diabetes para outros países, será apresentado em 04 de Dezembro deste ano, no Congresso Mundial de Diabetes, Vancouver, no Canadá.
Vídeos Institucionais encaminhados para divulgação para IDF:
Link em espanhol: https://youtu.be/OdT1DDVxErs
Link em inglês: https://vimeo.com/138693281
Link em potuguês: https://vimeo.com/138037658

DADOS CLINICOS DE UM DOS MUTIRÕES PUBLICADOS EM REVISTA MÉDICA NACIONAL (REVISTA DIABETES CLINICA):
O aumento do número de diabéticos e as devasta- doras consequências de suas complicações tardias, fizeram do diabetes a principal causa de cegueira, de amputação e de insuficiência renal. Foi verificado quanto pior o grau de retinopatia diabética, quanto maior o tempo de diabetes, pacientes insulinodepen- dentes, mais prevalentes foram os achados renais e pé diabético.

Observou-se neste estudo uma prevalência de RD de 17,69%, de pé diabético de 20,59% do total de pacientes diabéticos atendidos, e de 28,82% de nefropatia diabética entre os pacientes com RD grave e / ou edema macular. Com uma média de tempo de diabetes de 8,6 anos, sendo que quanto pior o grau de RD nos pacientes insulinodependentes e com mais tempo de diabetes, mais prevalentes foram os achados renais e de pé diabético (neuropatia sensitiva distal). Mesmo assim este foi o primeiro exame de fundo de olho para 39,52% e primeira avaliação dos pés para 52,1% dos pacientes, lembrando que aproximadamente 90% dos pacientes estudados tinham o Sistema Único de Saúde como única opção de aces- so ao médico e que em torno de 47% dos pacientes já frequentavam os Mutirões anteriores. A cegueira foi a complicação mais temida para 68,12 % dos pa- cientes estudados, coincidindo com levantamentos anteriores realizados em outras regiões do Brasil13.

A RD é a principal causa de cegueira não curável em adultos, acarretando incapacidade para o traba- lho em pessoas na faixa etária dos 30 aos 75 anos.26 Mas, se a doença for detectada precocemente e com tratamento adequado, os riscos da cegueira podem ser reduzidos em mais de 80%9. O melhor tratamento para RD é através da fotocoagulação a Laser da retina, que pode reduzir as chances de cegueira em 70% dos casos9,26. Em nossos casos, 8,94% foram encaminhados para fotocoagulação a laser.

Maecenas et laoreet neque. Aenean tempus feugiat eros, eu convallis ligula tincidunt a. Nam facilisis enim at augue viverra ultrices. Etiam nec mollis est, non pulvinar arcu. Cras adipiscing nisi leo, non faucibus est commodo in. Integer nec erat convallis, cursus magna et, egestas odio. Donec nec quam nibh. Nam ante ipsum, sollicitudin sed augue sit amet, accumsan accumsan felis. Vivamus laoreet ligula mi.

Nunc ornare, justo eget volutpat porttitor, massa felis rhoncus dui, eu convallis enim lectus vel velit. Nam ac aliquam ligula, ultrices blandit leo. Suspendisse sed semper libero. Integer bibendum orci non mauris pharetra scelerisque. Nunc vitae tempor augue, in condimentum mi. In eu velit hendrerit, tempor tortor at, hendrerit erat. Donec feugiat tristique turpis non sagittis. Donec pharetra hendrerit vulputate.

Phasellus facilisis tincidunt velit, ac tincidunt diam fermentum consectetur. Cum sociis natoque penatibus et magnis dis parturient montes, nascetur ridiculus mus. Sed vel facilisis lorem. Vivamus non feugiat mauris, et rhoncus est. Curabitur aliquam ac lacus ac facilisis. Sed sodales ut nibh eget lacinia. Morbi malesuada semper elit eu interdum. Ut et tellus non enim tristique lacinia. Duis neque sem, vehicula id augue quis, porttitor consectetur tellus. Sed risus massa, tristique vitae tempus vitae, bibendum sit amet metus. Vestibulum in fermentum neque.

Vestibulum condimentum est feugiat, porta massa at, fermentum magna. Fusce et porta risus, sed sagittis dolor. Nunc lectus felis, mattis sed congue eget, dictum vitae nisi. Cras non sodales est. Aliquam mollis consequat facilisis. Interdum et malesuada fames ac ante ipsum primis in faucibus. Nulla facilisi. Proin suscipit odio vitae imperdiet varius. Mauris elementum enim eget vestibulum imperdiet. Aliquam mollis purus dui, eget aliquet elit malesuada ut. Donec mollis sapien eu ultrices molestie. Cras consectetur semper facilisis.